Centro Especializado de Atendimento à Mulher de Luziânia Goiás

Telefones: (61) 99329-5547, (61) 3906-3373

Atendimento presencial:

RUA JOAQUIM MENDONÇA RORIZ Nº 57, CENTRO , LUZIÂNIA GOIÁS, CEP: 72800190

Coordenadora: Juliana de Carvalho Roriz

HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO
De segunda à sexta-feira, das 8h às 11h30 e das 13h às 17:30h.

O Centro de Atendimento à Mulher (CEAM) em Luziânia, oferece atendimento  psicológico, social e orientação além de encaminhamento jurídico de graça. Os atendimentos das vítimas de violência doméstica podem ser encaminhados pela delegacia da mulher, do Ministério Público ou podem procurar o local de forma espontânea, qualquer mulher em situação de violência pode procurar o CEAM para atendimento, tirar dúvidas e esclarecimentos.

Usuárias/Requisitos: Mulheres em situação de violência doméstica.

Etapas: 

  • Recepção das usuárias com esclarecimentos e informações sobre o serviço e o atendimento;
  • Acolhimento realizado na unidade;
  • Atendimento interdisciplinar;

Atendimento preferencial: casos de risco elevado, mulheres com deficiência e mulheres idosas.

 O Centro Especializado de Atendimento a Mulher (CEAM) também oferece ações de prevenção às situações de violência de gênero por meio de palestras, cursos e oficinas em diversas áreas em parceria com outras instituições.

Prazo de execução do serviço: varia conforme as especificidades de cada caso. Em média as mulheres são acompanhadas por cerca de seis meses.

Regulamentações específicas: Norma Técnica de Uniformização Centros de  referência de Atendimento à Mulher em Situação de Violência (SPM/PR, 2006); Rede de Enfrentamento à Violência contra as Mulheres (SPM/PR, 2011); e Lei 11.340 de 07/08/2006 (Lei Maria da Penha).

FORMULÁRIO PARA CONTATO:

Reclamações, denúncias, sugestões, elogios e informações de caráter geral sobre serviços da administração pública, tais como horários de funcionamento, números de telefone, endereços, entre outras.

Nome completo
Numero de telefone para contato
E-mail do Candidato
Assunto

Acompanhe o CEAM em nossas redes sociais